Volta para página inicial Conheça o Monza Clube do Brasil Participe do Clube Confira a agenda do Monza Clube Mapa do site A maior montadora do país Um marco na indústria automobilística Parceiros do Monza Clube Shopping Fale Conosco
 
Clique aqui para voltar à página inicial do SOS Auto
..

Os esclarecimentos abaixo são referentes à Motor - Comando de válvulas

 
S.O.S. publicado em: 04/10/2001
Enviado por: Osmar Barbosa (Rio das Pedras, SP)
Características do carro: Monza Club 2.0 EFI, 1994, álcool

Dúvida: o meu carro começou a apresentar um ruído estranho no motor. Levei-o a um mecânico pensando que fosse apenas uma regulagem de válvulas. Depois de um rápido teste, foi constatato que o comando de válvulas estava gasto e precisaria ser substituído. 

Resposta do consultor técnico Luiz Yoshimura: Osmar, o Monza adota um sistema de tuchos hidráulicos nas válvulas justamente por se tratar de um sistema moderno que não requer manutenção, regulagem e, também, é muito mais silencioso. Atualmente, este sistema é adotado pela maioria das montadoras. Para o seu perfeito funcionamento é necessário que o sistema de lubrificação esteja em ordem. Do contrário, como acontece com o seu veículo, a falha na lubrificação provoca um desgaste excessivo no comando de válvulas e ocasionando tais barulhos. Para a solução, é necessário que se substitua o comando, os balancins e as escoras (pastilhas) e, para evitar a ocorrência do problema novamente, faça a limpeza do cárter e do pescador da bomba de óleo. Este fato acontece muito nos Monzas devido à carbonização do motor.

S.O.S. publicado em: 14/06/2001
Enviado por: Marcelo Altomare Carreiro (Rio de Janeiro, RJ)
Características do carro: Monza SL/E, 1988, álcool

Dúvida: a fama dos primeiros motores 2.0 é de possuir um comando de válvulas frágil. O meu, inclusive, já fez retífica parcial aos 50.000 km. Será coincidência?

Resposta do consultor técnico Luiz Yoshimura: Marcelo, realmente houve um certo comentário com relação ao motor 2.0. Inclusive foi matéria da revista "Quatro Rodas" que, no teste de 50.000 km, teve o motor parcialmente retificado, apesar das negativas da concessionária. Na época, eu soube de muitas pessoas que também tiveram o seu motor retificado, mas este problema já foi solucionado há muito tempo. Por isso, lhe afirmo que você pode ficar tranquilo em relação ao seu motor, apenas tenha um cuidado especial quanto ao óleo lubricante do motor. Observe no manual do proprietário os prazos de troca de óleo e filtro que, desta forma, não há com o que se preocupar.

Monza Clube do Brasil - Todos os direitos reservados