Monza Clube

Patrocinadores Classificados Agenda de Eventos Novidades Imprensa Notícias GM Facebook

..

..
Quatro Rodas

A reportagem a seguir foi cedida e autorizada pela revista "Quatro Rodas" para publicação exclusiva no Monza Clube. Aproveite para visitar o site da revista clicando na imagem ao lado.

 

Injeção: Monza Classic EFI x Monza Classic MPFI

(Edição nº 385, agosto de 1992)

Em meio à variedade de versões da linha Monza, num total de 18, duas chamam mais a atenção: Monza Classic EFI e Monza Classic MPFI. São dois automóveis iguais. Ou quase. A diferença aparece no tipo de alimentação do motor. O EFI utiliza a injeção eletrônica single-point digital, moderna e que tira de seu propulsor 110 cv de potência. Já o MPFI tem a concepção multipoint, analógica e um pouco atrasada, mas que desenvolve 6 cv a mais do que o oponente.

Nem a desigualdade de preços entre os dois carros é tão extravagante. Ela fica em 7% nas versões de quatro portas e 7,5% nas versões de duas portas. QUATRO RODAS realizou o teste comparativo e concluiu que a injeção Bosch LE-Jetronic do MPFI oferece recursos superiores em desempenho. Em consumo, praticamente empatam, o mesmo acontecendo em nível de ruído. Nesse caso, portanto, a tecnologia de última geração não convenceu.

Os números do teste

 

EFI

MPFI

Velocidade máxima (km/h)

172,4 180,7
Aceleração 0-100 km/h 12,47 10,70
Retomada 40-100 km/h 28,37 23,85
Consumo médio (km/l) 10,18 10,24
Nível de ruído (dB) 66,16 67,89
Frenagem 80-0 km/h (metros) 32,0 32,9
Aceleração lateral (g) 0,85 0,84

Monza Clube do Brasil - Todos os direitos reservados