Monza Clube

Patrocinadores Classificados Agenda de Eventos Novidades Imprensa Notícias GM Facebook

..

..

Opiniões anteriores

 
Data da publicação: 15/11/2001
Autor: Everaldo Pereira da Silva (Salvador, BA)
E-mail: evesila@ufba.br
Características do carro: Monza SL 2.0 EFI, 1993, gasolina

Gostaria de informar a todos os companheiros do Monza Clube a grande alegria que estou sentindo pois, há pouco tempo, consegui realizar o meu sonho, ou seja, troquei o meu Monza SL 86, quatro portas, por um Monza SL 93, o famoso "Tubarão". Estou encantado com este novo Monzão _não querendo desmerecer o antigo que tive, pois o mesmo era lindão. Minha paixão sempre foi pelo Monza "Tubarão" e, agora que o nosso bom e fiel Deus permitiu-me realizar este sonho, desfrutarei cada minuto com essa linda máquina.

Data da publicação: 15/11/2001
Autor: Renato Macário Gomes (São Paulo, SP)
E-mail: r_macario@bol.com.br
Características do carro: Monza Classic SE 2.0, 1991, gasolina

Para um jovem com 21 anos não há alegria maior do que entrar no seu Monza, sentar no banco de couro, ligar o som, o ar-condicionado, passar na casa da namorada e pegar a estrada. Já tive um Golzinho e um Verona GLX 1.8. Porém, nenhum dos dois se compara com meu Monza "Tubarão".

Data da publicação: 17/10/2001
Autor: Carlos Vinicius de Andrade Holder (Campos, RJ)
E-mail: holdercv@censa.com.br
Características do carro: Monza SL 2.0 EFI, 1993, gasolina

Adquiri este meu Monza há três anos e, até hoje, é o melhor carro que já tive. Apesar de ser o modelo SL, tem direção hidráulica, ar-condicionado e trio elétrico. O consumo não é tão exagerado como propalam. Só perde um pouco em conforto para o bom e velho Del Rey Ghia 1.6, ano 89, que eu possuía mas. em compensação, tenho um carro bem mais potente e arrojado.

Data da publicação: 17/10/2001
Autor: Emerson Roberto da Costa (São Paulo, SP)
E-mail: po_ta_to@ig.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1994, álcool

Primeiramente, gostaria de parabenizar o site por ser tão completo. Minha paixão pelo Monza nasceu há três anos quando troquei a carroça do meu Gol por um Monza SL/E 90 completo (-ar), preto _uma beleza de máquina! Passei a admirar o conforto, estabilidade e, principalmente, sua mecânica, que é ótima!  Gostei tanto que, há cinco meses, comprei o meu segundo Monza: um GLS completo, vinho, e estou muito satisfeito!

Data da publicação: 17/10/2001
Autor: Mauricio Monteiro (Rio Claro, SP)
E-mail: mau.mon@ig.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1991, gasolina

Durante anos eu admirava, à distância, o carro mais bonito e confortável já produzido no Brasil, até que, em 2000, finalmente consegui me tornar um feliz proprietário de um Monza e confirmei, pessoalmente, aquilo que eu sempre desconfiava: um enorme prazer ao dirigir este carro! Fiquei muito feliz ao descobrir que não admiro sozinho esta máquina tão bem projetada. Aliás, mais que uma máquina: um verdadeiro companheiro, pois já estive em lugares fantásticos viajando sempre à bordo do meu carro. Já fui proprietário de carros da Fiat, Ford e Volkswagen e, depois de conhecer o Monza, ficou evidente a superioridade da GM em todos os seus produtos, desde o estilo até os detalhes de conforto e mecânica. Espero manter contato com donos do Monza; não só para dividir a satisfação como, também, na obtenção de dicas de manutenção que me ajudem a mantê-lo sempre novinho. Parabéns pela iniciativa do site.

Data da publicação: 17/10/2001
Autor: Antonio Carlos (Piracicaba, SP)
E-mail: acbenedi@unimep.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1987, álcool

O Monza é um carro confortável, seguro na estrada, motor potente e, além de tudo, econômico. Tenho um Corsa 1.0, ando pouco com ele (só na cidade) e é um carro duro. Prefiro o meu Monza 2.0 branco. Quem tem um outro carro, experimente comprar um Monzinha.

Data da publicação: 17/10/2001
Autor: Daniel Clemente (Osasco, SP)
E-mail: clubedofiat@bol.com.br
Características do carro: Fiat 147 Panorama CL, 1982, gasolina

Parabéns a todos os proprietários de um Monza por terem em mãos um grande automóvel, o qual não vai ser esquecido com o tempo. Será como o Opala: um grande veículo que tem os seus apaixonados até os dias de hoje. Parabéns também ao criador do Monza Clube, o qual é o principal responsável pela divulgação deste amor pelo Monza e tenho certeza que todos os proprietários gostam muito do trabalho realizado no site.

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Dennis Fernandes (Canoinhas, SC)
E-mail: dennisfq@ieg.com.br
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1984, álcool

Não há como andar de Monza e não admirá-lo. O meu, apesar do seu ano, é um carro impecável, do qual o cuido com carinho e dedicação. Em questão de conforto, supera até mesmo o Corsa 98 de minha esposa, 14 anos mais novo mas, mesmo assim, preferimos viajar sempre com o Monza. O consumo não é tão alto como dizem e concordo quando dizem que o Monza "Fase 1", quando conservado, é bem mais bonito que o da "Fase 2". Meu sonho é ter, um dia, um GLS 96. Aos monzeiros, meus parabéns e, aos donos de outros carros, que tenham um Monza um dia!

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Almir (São José dos Campos, SP)
E-mail: dantas@directnet.com.br
Características do carro: Monza GL 2.0 EFI, 1994, álcool

Certa vez lá estava eu comprando um Corsa 1.0 novinho, ano 2000, pára-choques pintados na cor do carro e, depois, me vi vendendo-o após a GM trocar o motor. Logo estava na loja Capricho, em Jacareí, comprando um Monza 91 completo, carro o qual eu amava, e descobri as virtudes do motor 2.0 injetado. Um verdadeiro canhão! O consumo? Em torno de 8 km/l. Só acho o carro macio demais, mas é justamente o que o classifica como extremamente confortável.

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Maurício Barros (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: mauricio.barros@uol.com.br
Características do carro: Monza Classic SE 2.0, 1988, gasolina

Sou admirador desta máquina há muito tempo. O meu Monza Classic é na cor vinho perolizado e as rodas são originais, sendo que as mesmas foram diamantadas e envernizadas. Meu carro ficou ainda melhor quando instalei um kit gás (GNV). A economia é maravilhosamente atrativa. Com R$ 7 ando 160 km. Anteriormente, gastava R$ 100 semanais. Hoje, R$ 13,00 em média. Sem falar que troco menos as velas e o óleo do motor. Agora, tenho conforto, estabilidade e economia!

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Dirceu Vieira de Mello (João Pessoa, PB)
E-mail: didomello98fm@bol.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, gasolina

Parabéns pelo ótimo site! Tenho um Monza GLS 1995 em estado de zero! O carro é lindo, macio e o conforto é sem igual. Em março iria trocá-lo pelo modelo 96, mas notei que o desenho do volante de direção do 96 é igual ao do Vectra, ou seja, feio em relação ao volante do meu veículo. Penso que todos os monzeiros tem a mesma opinião e, por este motivo, não realizei a troca. Vale lembrar que o volante do Monza GLS 95 é o mesmo das versões Club, Classic SE (91 a 93) e Hi-Tech.

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Ricardo Andrecioli (São Carlos, SP)
E-mail: andrecioli@yahoo.com.br
Características do carro: Monza Classic SE, 1988, álcool

Recentemente, adquiri meu Monza e gostei muito do desempenho do motor Advanced OHC 2.0 e, também, do nível de ruídos, que é bem pequeno, e muito mais silencioso que de carros mais novos. Só tenho uma resalva a fazer: o óleo demora tanto para adquirir a pressão ideal, principalmente nas primeiras partidas do dia.

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: ShaoLin JiangHu (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: shaolinjianghu@bol.com.br
Características do carro: Monza Hatch, 1982, gasolina

Quando ganhei o meu Monza o mesmo estava um caco. Mandei consertá-lo e, quando o dirigi pela primeira vez  foi uma maravilha, pois estava acostumado a dirigir carros como o Gol 1000 /99 que possui um motor digno de motocicleta. O Monza têm conforto, suspensão macia, estabilidade e muito, muito fôlego para as ladeiras da vida. Certamente quando eu tiver outro carro será um Monza "tubarão": motor potente e conforto de carro de luxo à preço acessível.

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Nelson Neto (Recife, PE)
E-mail: nelsonfoneto@hotmail.com
Características do carro: Monza SL/E 1.8 EFI, 1993, álcool

Meu Monza está super-conservado. É uma reliquia!

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Douglas Celestino (São Paulo, SP)
E-mail: docelesti@yahoo.com.br
Características do carro: Monza Classic SE 500 EF, 1990, gasolina

Sempre gostei do Monza e, em 1996, comprei um Kadett 1992 EFI à gasolina, o qual considero um Monza com outra carroceria. Um carrão e não tive problemas. Depois de vendê-lo, adquiri um Escort 1.0 1995 mas, aí sim, dava saudades do conforto e potência, tanto que, depois de um certo tempo, o troquei por um Monza Classic 1989. Só que, no ímpeto de adquiri-lo, acabei realizando um mau negócio, pois o motor acabou fundindo. Vendi-o assim mesmo e pensei que nunca mais adquiriria outro Monza. Mesmo assim, acabei vendo um "lindão" em um estacionamento de um condomínio com a placa "Vende-se" e a paixão voltou a falar alto. Desta vez, o carro estava inteirão: 51.000 km, manual, nota fiscal etc. Levei-o a um mecânico que o aprovou e, no final, acabei comprando-o e estando muito feliz com meu Monzão: completo, injeção, bancos de couro, ar, direção, computador de bordo, conforto, potência etc.

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Evandro Garcia Fabro (Catanduva, SP)
E-mail: egfabro@bol.com.br
Características do carro: Monza SL/E, 1984, álcool

Parabéns ao webmaster do Monza Clube pelo site, o qual já venho acompanhando há quase dois anos. Estou gostando muito das novas modificações! Tenho um Monza SL/E e estou muito contente com ele. Gostaria de fazer uma indicação a todos que gostariam de deixar sua máquina tinindo! Há um mês fiz uns reparos no motor do meu carro: limpeza de carburador, verificação no radiador, velas, ignição e um check-up geral. A principio tive que trocar o óleo de motor e, o meu mecânico, me disse para adicionar um produto da Autoplast. Sem saber do que se tratava, pedi algumas explicações: "óleo com base de PTFE que diminui o atrito ferro a ferro, dando, assim, mais potência, melhor desempenho e menor desgaste interno no motor, melhorando também a economia de combustivel". Sendo assim, adicionei o produto e fiz um teste. O carro ficou, praticamente, outro: o consumo diminuiu, ou seja, anteriormente fazia uma média de 5 km/l e, agora, 6,5 km/l, havendo, inclusive, uma melhora no desempenho. Quem quiser obter maiores informações, basta acessar o endereço www.autoplast.com.br.

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Marçal S. Bitelo (Alvorada, RS)
E-mail: msbitelo@hotmail.com
Características do carro: Monza SL/E, 1988, gasolina

Deveriamos formar uma corrente nacional para que a GM voltasse a fabricar novas versões do Monza, mas claro que seguindo novos conceitos e tecnologias.

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Paulo Herdy (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: herdy@vento.com.br
Características do carro: Monza SL/E, 1988, álcool

Gostaria de agradecer a dica do Monza Clube e, também, à GM, por me fornecer totalmente grátis o manual do Monza. Fiz o pedido via telefone e, em três dias, o mesmo chegou. Nesse país sofrido, onde quem tem o poder não o compartilha com os mais necessitados, dou meus parabéns à Chevrolet que, inclusive, nem cobrou pelo frete. Foi tudo grátis!

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Paulo Lanjoni Ferreira (Jundiaí, SP)
E-mail: lanjoni@ig.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1991, álcool

Já possui três Monzas: um Hatch 83, um SL/E 89 e, atualmente, um SL/E 2.0 EFI 91 a álcool e, apesar de o estar vendendo, é o melhor carro que já tive, não existindo outro igual em conforto e economia.

Data da publicação: 04/10/2001
Autor: Edimilson Santos Aciole (São Paulo, SP)
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1993, álcool

Parabéns pela página. Foi através dela que obtive as informações sobre o veículo.Comprei o Monza e estou muito contente. Continue atualizando as informações pois, agora, visitarei mais esta homepage.

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Carlos Maurício Moura Farjoun (São Paulo, SP)
E-mail: farjoun@www.com
Características do carro: Monza Classic SE 2.0 EFI, 1993, álcool

Adquiri este meu terceiro Monza em 03/09/98; há três anos, portanto. Continuo satisfeitíssimo com o carro, tanto que, há um mês, com 111.000 km rodados, o converti para álcool, ao retificar o motor. Fiz o que a GM não fez: um carro injetado automático a álcool (Monza e Kadett injetados automáticos só originalmente à gasolina). O resultado ficou surpreendente: 6 km/l na cidade e quase 10 km/l na estrada. Lembrando que para um carro de 1.200 kg, com aerodinâmica dos anos 80, câmbio automático de três marchas, isso pode ser considerado ótimo. Levando a atual diferença de preços entre os combustíveis em São Paulo (R$ 1,65 o litro da gasolina contra R$ 0,70 o litro do álcool), em custo, ele equivale a um carro que fizesse 14 km/l na cidade e 23,5 km/l na estrada. Eu faço isso andando de "banheira 2.0 automática", coisa que nenhum "penico" 1.0 consegue fazer. Agora eu digo: quer economia? Não compre um 1.0, compre um Monza a álcool. De brinde vem muito mais conforto, torque e potência que nenhum 1.0 nunca sequer sonhou em ter.

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Ricardo Ramos de Oliveira (São Paulo, SP)
E-mail: oengenheiro@hotmail.com
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1990, álcool

Amor à primeira vista foi quando eu, com apenas 7 anos de idade, fui até uma concessionaria GM ver meu pai retirar o seu Chevette SL 83 0 km e, naquela ocasião, vi um Monza pela primeira vez. De lá pra cá, tornou-se meu sonho de consumo _o qual realizei em 1995 adquirindo um 2.0 à álcool (mais potente e mais econômico em relação ao custo do combustivel) com todos os opcionais, exceto ar-condicionado (evitei em virtude da minha rinite alérgica). Ainda não o troquei porque, particularmente, acho o modelo antigo 83-90 mais bonito mas, num futuro breve, pretendo adquirir um modelo 96.

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Paulo Daniel Vidal (São Paulo, SP)
E-mail: daniel.jahu@bol.com.br
Características do carro: Monza Classic SE, 1988, álcool

Sempre gostei do Monza e, desde o primeiro hatch que vi, já me apaixonei pelo carro. Mas só pude ter oportunidade de adquirir um em 2000: um Classic SE com apenas 60.000 km. Inacreditável, pois é um carro de garagem e o comprei só pelo prazer de ter uma máquina como essa na garagem e, sempre que possível, viajar com todo o conforto. Meus outros carros são para o dia-a-dia e, este Monza, para o prazer de dirigir. Parabéns pelo site. É ótimo!

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Oscar (São Paulo, SP)
E-mail: oscarpeso@yahoo.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, gasolina

Sensacional! O Monza sempre será um grande automóvel! Estilo arojado, possante, confortável para viagens longas e o consumo é compatível com as vantagens do automóvel! Carro, só os mil da vida...

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: André Alexandre Kuritza (Curitiba, PR)
E-mail: alenikiko@aol.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, gasolina

O Monza é um excelente carro. Tem presença, beleza, desempenho, força e potência. Tive um Monza Hatch 83 que nunca me deixou na mão. Era um ótimo carro. Há dois anos comprei o "carro dos meus sonhos": um Monza 92, que tem bancos de couro, trio elétrico, ar-condicionado e direção hidráulica. Coloquei roda de liga leve aro 15, deixando-o "invocadão". Adoro meu carro e quero muito comprar um modelo 96, o último. Aliás, lamento muito o Monza ter saído de linha, pois existem muitos carros por aí, com décadas de fabricação, que não evoluíram nada, os tais "carros do povo". É isso aí. Dá-lhe Monza!

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: André Pinnola (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: apinnola@bol.com.br
Características do carro: Kadett SL/E, 1993, álcool

Apesar de ter um Kadett, sempre fui fã do Monza. Optei pelo Kadett pela oportunidade de comprar um modelo 93 com 41.000 km rodados. Embora mais estável em geral, o Kadett perde em conforto e espaço para o Monza. Queria deixar registrado, principalmente, a minha opinião sobre o motor 1.8 álcool, EFI, que é o mesmo nos dois veículos. Acho que o álcool, com a injeção eletrônica, é a melhor opção não só pelo preço mas, também, pelo desempenho e baixo nível de poluição. A GM teve a coragem de continuar fabricando motores a álcool nesta época e valeu a pena!

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Carlos Eduardo de Oliveira Ribas (Fortaleza, CE)
E-mail: kduribas@bol.com.br
Características do carro: Monza

O Monza é, sem dúvida, um dos melhores carros nacionais já produzidos e, como o bom e velho Opala, faz valer o ditado: "Quem é rei, nunca perde a majestade". Este é o segundo Monza que tenho (GL 94 completo de tudo) e, como o anterior (Classic 89, completo), só me dá satisfação. Mesmo depois de ter rodado 70.000 km, continua mantendo sua imponência, robustez, qualidade e, principalmente, conforto que o consagraram um campeão de vendas e um carro insuperável, que marcou e ainda marca a história da indústria automobilistica nacional. Com certeza deixa saudades para alguns e orgulho para quem tem uma máquina dessas na garagem!

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Israel Alcantara (Brasília, DF)
E-mail: israelalcantara@hotmail.com
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1988, álcool

Vendi a carroça (Uno) e estou, atualmente, com um Monza SL/E 1.8, 1988, 2 portas, na cor prata prata. Estava a fim de um Classic SE 90, mas não consegui encontrar nenhum bem conservado, mas estou muito satisfeito com este atual, pois está inteirinho, todo original; painel, estofamento, tudo bem conservado, o que é dificil de se encontrar num carro desse ano. Estou pensando em pintar os retrovisores e grade dianteira (que são pretos) de prata e trocar os piscas dianteiros (laranja) pelo modelo na cor branca.

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Luiz Fernando Wernz (São Paulo, SP)
E-mail: autobahn87@hotmail.com
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1988, álcool

Estou escrevendo para falar do carro do meu irmão, um Monza SL/E 2.0, 1988, que, inclusive, já mandou uma opinião sobre seu carro para este excelente site. Nossa prima já teve um Vectra GLS 2.0 8V 1997, sendo que, em 1998, meu irmão comprou "o carro", melhor dizendo, o Monza. Comparando-se com o Vectra da nossa prima (comprado 0 km, porém quente por dentro, baixo e lento demais), parecendo-se com um Gol 1000 numa subida com o ar-condicionado ligado, o "Monza Máquina", apesar de nove anos mais velho, dá de 10 x 0 no Vectra, o qual foi trocado por um Marea HLX 2.0 20V que, diga-se de passagem, é muito melhor. Para finalizar, acho que nunca deveriam ter trazido para o Brasil o Vectra mais novo, pois o modelo antigo era bem melhor. Mas entre esses três (Monza, Vectra antigo e Vectra novo) sou muito mais o bom e velho Monza.

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Mauricio Barros (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: mauricio.barros@uol.com.br
Características do carro: Monza Classic SE 2.0, 1988, gasolina

Sou fã do Monza. O meu então... Vinho, insufilm e roda original diamantada é simplesmente lindo! Sem contar o som que coloquei! Bem, só tem um detalhe no Monza que é chato: o consumo de combustivel, o qual é bastante alto. Entretanto, aconselho a todos os monzeiros a instalar gás natural (GNV). A economia é maravilhosa! Antes, eu gastava, mensalmente, R$ 400 de gasolina e, agora, com gás, somente R$ 70. É verdade que o gás tira um pouco da potência (em torno de 15%) na arrancada. Já a velocidade final continua a mesma. Agora, tenho conforto, estabilidade e, principalmente, economia.

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Wanderson N. Coutinho (Volta Redonda, RJ)
E-mail: wanderson@superonda.com.br
Características do carro: Monza S/R 1.8, 1986, gasolina

Na época em que o Monza S/R foi lançado, a revista Quatro Rodas fez uma matéria sobre ele e, depois disso, começou a minha paixão por esse excelente carro. Posso dizer que ele realmente "é um puro sangue da família"; o meu Monza é um "filé".

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Oscar Pereira de Souza (São José dos Campos, SP)
E-mail: oscarpeso@yahoo.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, gasolina

Grande carro, com muito conforto, potência e bom para viagens.

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Rafael Bittencourt (São José, SC)
E-mail: rafamonza@hotmail.com.br
Características do carro: Monza Classic SE, 1989, álcool

O que mais me impressiona no Monza é o conforto e a suavidade de funcionamento do motor. Faça frio ou calor ele sempre pega na primeira tentativa.

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Harley Venturato (Varginha, MG)
E-mail: hventurato@aol.com
Características do carro: Monza Classic SE, 1989, gasolina

É o melhor carro que já possui em termos de conforto e qualidade. Porém, recentemente, tive uma decepção: meu carro estava estacionado e, quando fui "apanhá-lo", os complementos da lanterna traseira estavam quebrados _provavelmente por alguém que estacionou logo atrás. Comecei, então, uma jornada atrás de novas peças, sendo que os preços variaram de R$ 350,00 a R$ 477,00 reais cada. Isso quando são encontradas. Gostaria de deixar minha indignação. pois não faz sentido, mesmo que fosse vendida a peça completa, gastar com os tais complementos pelo menos R$ 700,00 num carro que vale R$ 5.500,00. Vai ficar sem!

Data da publicação: 06/09/2001
Autor: Oscar P. Souza (São Paulo, SP)
E-mail: oscarpeso@yahoo.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, gasolina

Simplesmente um carrão! Desculpem-me os "1000" da vida, mas Monza é estilo de vida!

Data da publicação: 09/08/2001
Autor: Túlio Romanelli (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: numberonezine@uol.com.br
Características do carro: Monza Class 2.0 EFI, 1993, gasolina

Compramos nosso Monza em 1993 (0km). O carro nunca deu nenhum problema e sempre tivemos poucos gastos com ele. Acabei de voltar de uma viagem para Minas (onde foram tiradas as fotos que estão publicadas na seção "Galeria" do Monza Clube) e, mais uma vez, o carro se mostrou impecável, tendo um consumo pequeno e um ótimo desempenho. É uma pena mesmo ter deixado de ser fabricado. O caminho que encontramos quando fomos adquirir outro carro não poderia ser outro senão um Chevrolet. Acabamos por aquirir um Astra Sedan que, por sinal, perde em diversas características para o bom e velho Monza.

Data da publicação: 09/08/2001
Autor: Clevis E. Teodoro (São Paulo, SP)
E-mail: sivelk@ig.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1994, álcool

Concordo com o Israel, de Brasilia: se quer um veículo econômico, compra um "1000". Porque, para se ter um carro com 116 cv de potência, com consumo de carro pequeno, é meio que absurdo. É por isso que  faço a manutenção de meu Monza de acordo com as especificações do fabricante. Assim, consigo conciliar conforto e "economia" (dentro do padrão) e ter orgulho em dizer: "O meu carro é um Monzaaaaaaa..."

Data da publicação: 09/08/2001
Autor: Wagner Machado Mendes (Nilópolis, RJ)
E-mail: wamamen@zipmail.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1996, gasolina

Tenho este meu Monza há pouco tempo, o qual comprei recentemente de uma agência quando o mesmo estava dando entrada na loja. O carro está zero e ainda com cheiro de novo. Era carro de mulher e estava com apenas com 53.000 km rodados. Hoje, está com 54.500 km. Já tive, antes deste, mais três Monzas. Acho um excelente carro, tanto no conforto quanto em sua mecânica e, ainda, não sei porque um dos carros mais vendidos do país foi retirado de linha. A melhor coisa que fiz foi instalar um kit gás, pois  estou economizando muito!

Data da publicação: 09/08/2001
Autor: Rony Carlos de Goes (Assis, SP)
E-mail: ronygoes@uol.com.br
Características do carro: Monza GL 2.0 EFI, 1994, gasolina

Estive pensando em trocar meu Monza em uma Parati "bolinha". Só que andando nos dois veículos mudei de opinião. Apesar da Parati ser um carro mais atual, o desempenho geral é muito diferente. O Monza é mais carro, mais motor, melhor frenagem, maior conforto e relação consumo pequena. Pena que já saiu de linha.

Data da publicação: 09/08/2001
Autor: Paulo Moreira Branco (Niterói, RJ)
E-mail: paulada@pronet.com.br

Desde que me entendo por gente (início dos anos 80), via e admirava os Monzas do meu pai e do meu avô. Ao todo, foram nove, sendo todos SL/E duas portas, completos, 1.8 ou 2.0. Meu pai, já falecido, teve seu último Monza em 1991: um SL/E 1986, o qual ele trocou por um Voyage zero km. Já meu avô fez uma grande besteira em 1993, trocando seu Monza SL/E 2.0 EFI, 1991, com 20.000 km, por um Omega GLS, que é uma banheirona paralítica. Depois vieram: Vectra (modelo antigo), Astra (importado), Tempra e, finalmente, um carrinho que lembra um pouco a época dos Monzas: o Astra sedan 1999. Eu sou doido para ter um Monza Classic 93, mas é difícil de encontrá-lo pois, quem tem um em bom estado, não vende ou, então, é um carro mal conservado. Apesar disso, não perdi as esperanças e vou rodando com meu Santana 97 que, apesar de ser um ótimo carro, não possui a mesma classe e conforto do velho e querido Monza.

Data da publicação: 09/08/2001
Autor: Everaldo  Pereira da Silva (Salvador, BA)
E-mail: evesila@ufba.br
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1986, álcool

Estou satisfeitíssimo com o meu Monzão pois, além de ser um carro confortável e lindão, tem um motor que dispensa comentários. Sempre sonhei em ter uma máquina como essa. Tive oportunidade de comprá-la em fevereiro/2000 e, de lá pra cá, sempre correspondeu bem. Pretendo, assim que puder, trocá-lo por um mais novo (o cara de ''tubarão").

Data da publicação: 12/07/2001
Autor: Renzo Palacios Winffel (Lima, Peru)
E-mail: renzo.palacios@vida.com.pe
Características do carro: Monza SL/E 2.0 MI, 1992, gasolina

Ha sido muy grato poder encontrar una pagina especializada en Chevrolet Monza. Mi caso es distinto al de la mayoria de uds, ya que yo no compre el carro, sino que lo herede de mi familia, es un auto de un comportamiento muy superior a otros de su categoria, como puntos fuertes en su desempeño podria destacar su potencia y estabilidad. Lamentablemente en mi pais (Peru) la gasolina es muy cara haciendo que mi Monza presente como desventaja la economia. Teniendo este inconveniente le instale al auto un sistema a gas, que hace del carro una maquina muy potente y economica, les recomiendo este dato. Finalmente me gustaria ponerme en contacto con personas que hayan instalado accesorios deportivos a su Monza ya que yo me encuentro evaluando esta posibilidadad.

Data da publicação: 12/07/2001
Autor: Rafael Stolf de Lima (Guarulhos, SP)
Características do carro: Monza GL 2.0 EFI, 1993, álcool

Tenho meu Monza desde setembro de 98, sendo que o mesmo foi adquirido em um leilão e no total, com as multas que tinha, o preço ficou em R$ 6.200,00. Desde então, o único problema que tive foi com o sistema EFI por causa de sujeira no bico injetor. Não o vendo nem o troco por outro carro. Apesar de ser o modelo GL 2 portas, ele contém direção hidráulica, vidros e travas elétricos, lanternas traseiras fumê e rodas esportivas aro 14. Além deste Monza tenho um Gol GTS 1.8 alcool e estou pensando em trocá-lo por um Monza Classic SE 89 ou um SL/E 4 portas completo de 88 a 90.

Data da publicação: 28/06/2001
Autor: Flávio Castro Guimarães (Maringá, PR)
E-mail: flaviocastro@nobel.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1991, gasolina

Minha família comprou o Monza acima em 1995 com 60.000 km rodados. O carro é ótimo. Nunca deu problemas. Afinal, o que dizer de um verdadeiro campeão de vendas? Sua mecânica é resistente e o desempenho muito bom. Acho uma pena a GM não ter feito uma outra mudança no seu visual (integrando o pára-choque dianteiro com a grade, semelhante ao Kadett fabricado a partir de 1996). Aliás, esse é outro carro que a GM "matou prematuramente". Na minha opinião, a grande vantagem do Monza é o seu motor, seu acabamento e, é claro, todo o conforto que só um carro grande e imponente pode proporcionar. Sinceramente, não entendo como o mercado brasileiro "anda de 1.000 cilindradas". O brasileiro precisa observar o custo-benefício de um carro e, nesse ponto, mais uma vez, o Monza se sai bem, além de ter uma coisa que muito carro atual não tem: carisma e milhares de donos satisfeitos!

Data da publicação: 28/06/2001
Autor: Luiz Alberto Carneiro (Balneário Camboriu, SC)
E-mail: lcarnei@aol.com
Características do carro: Monza GL 2.0 EFI, 1995, álcool

Este é o quarto Monza que possuo. Anteriormente, tive um Hatch SL 84, um SL/E 86 automático e um SL/E 87. É um carro excelente, mecânica confiável, ótimo desempenho e consumo condizente. Apenas acho os faróis um pouco fracos mas, diante de tantas qualidades, é apenas um detalhe.

Data da publicação: 14/06/2001
Autor: Maurício Joaquim de Barros (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: mauricio.barros@uol.com.br
Características do carro: Monza Classic SE 2.0, 1988, gasolina

Sempre sonhei em ter um Monza pois, para mim, sem sombra de dúvidas, é o melhor carro nacional _só perdendo para o Omega. Com o Monza, tenho conforto e potência mas, em nível de consumo, deixa muito a desejar. Porém, instalei gás natural (GNV) e, agora, estou irradiante com a economia. É espetacular! Anteriormente, gastava R$ 100,00 semanalmente e, atualmente, R$ 13,40. Vale a pena, pois tenho conforto, potência e economia!

Data da publicação: 14/06/2001
Autor: Rafael (Araras, SP)
E-mail: hammersms@bol.com.br
Características do carro: Monza GL 2.0 EFI, 1995, álcool

O Monza é um ótimo carro! Não tem o que falar dele. Excepcional! Como seria bom se a GM tivesse compartilhado o motor 3.0 do Omega com o Monza, o melhor automóvel que a GM já produziu até hoje. Nem o Vectra e tão bom! Apesar de meu Monzão ser o modelo GL, ele tem vidros e travas elétricas, além de direção hidráulica.

Data da publicação: 14/06/2001
Autor: Fabiano Toffanelli (Guararema, SP)
E-mail: ftoffanelli@ig.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, álcool

Comprei meu primeiro Monza, um Hatch 1.6, em 1988. Daí para a frente foram mais dois Monzas: um 90 e meu atual. Não tenho comentários para falar sobre o carro. Ele fala por si só!

Data da publicação: 31/05/2001
Autor: Sérgio da Silva Machado (Porto Alegre, RS)
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, gasolina

O Monza é o melhor carro de fabricação nacional. Sinônimo de conforto, economia e robustez. Ainda está para chegar o seu substituto!

Data da publicação: 31/05/2001
Autor: Carlos Vinicius de Andrade Holder (Rio de Janeiro, RJ)
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1993, gasolina

É evidente que o Monza é um dos melhores carros que a GM já produziu. Tenho o meu há três anos, estando com apenas 44.000 km originais e sendo o segundo dono. Seu primeiro dono o conservou 0 km por dois anos, usando-o somente em 1995. Não há nada a reclamar do carro. Em dezembro fui à Brasília, passando por Caldas Novas e Araxá, percorrendo um total de 4.500 km. Qual foi a manutenção feita? Nenhuma! Apenas a troca de óleo e do filtro.

Data da publicação: 31/05/2001
Autor: André Azevedo (São José do Rio Preto, SP)
E-mail: mtx1@zipmail.com.br
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1986, álcool

Gostaria de deixar registrado minha grande satisfação com o Monza. Fui proprietário de um durante 11 anos, tirando o zero km em 1986 e vendendo-o em 1997 com 60.000 km rodados. Foi o melhor carro que tive. Hoje tenho um Tempra 16V, pois foi o que mais chegou perto daquilo que o Monza me proporcionava. Nem o Vectra e nem o Santana possuem o perfil do bom e velho Monza. E a saudade!

Data da publicação: 31/05/2001
Autor: Rafael Stolf de Lima (Guarulhos, SP)
Características do carro: Monza GL 2.0 EFI, 1993, álcool

É um excelente carro de passeio!

Data da publicação: 31/05/2001
Autor: Marcus Santos (Cachoeirinha, RS)
E-mail: msmarcus@terra.com.br
Características do carro: Monza Class, 1993, álcool

O Monza é um carro que não foi feito para andar rebaixado, mas o meu sim!

Data da publicação: 17/05/2001
Autor: André Barros de Mello Oliveira (Belo Horizonte, MG)
E-mail: mello17@terra.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1993, álcool

Possuo o meu Monza desde maio de 2000, tendo sido adquirido com apenas 17.800 km. Até hoje não fiz a revisão do mesmo, estando já com quase 33.000 km, e o carro não apresenta nenhum problema. Na cidade, o consumo é de aproximadamente 8 km/l e, na estrada, em torno de 11 km/l. Só vou trocar este Monza por outro quatro portas _e não vou me arrepender! Recomendo o Monza e assino em baixo! Coloquei este site como referência na minha homepage pessoal. O endereço para quem quiser visitar é http://planeta.terra.com.br/educacao/mello17.

Data da publicação: 17/05/2001
Autor: Marcelo Bernardo Irias (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: irias27@terra.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1991, gasolina

Este já é o segundo Monza que compro, sendo que o primeiro foi um SL/E 2.0 4 portas (1987/88), gasolina e na cor preto perolizado. Logo que eu fui à agência para ver o carro, e virei a chave, fiquei impressionado com o ronco de seu motor e imaginei que seu desempenho na estrada seria muito bom. O carro correspondeu a todas às minhas expectativas e, por isto, só o trocarei por um outro que se compare à sua excelente relação custo/benefício.

Data da publicação: 03/05/2001
Autor: Raphael Felipe Cardoso (Santa Isabel, SP)
E-mail: covert@zipmail.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1990, gasolina

Um dos melhores carros para ano de 1990, sendo o único que podia derrotar o Ford DelRey Ghia, que merecia todo o respeito por ser um carro charmoso e confortável. Já o Monza era também muito confortável e confiável. Seus acessórios deixavam os proprietários muito satisfeitos. Itens que iam desde a coluna de direção escamoteável até o ar-condicionado e o conjunto elétrico. Hoje possuo um Santana CLi 1995 e estou louco para trocar por um Monza Classic SE 93. Vai ser um negócio sem arrependimentos! O Monza modelo antigo (1982 a 1990) é, em algumas versões, mais confortável que alguns da nova linha (1991 a 1996).

Data da publicação: 03/05/2001
Autor: Victor Parussollo Ghia (Santo André, SP)
E-mail: vpghia@mailbr.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, gasolina

Sem dúvida, a maior burrice da GM Brasil foi, em 1996, tirar o Monza de linha. Dois anos depois a burrice se repetiu: a GM tirou o Omega em 1998 e colocou no lugar um Omega importado, que custa o dobro do preço... Possuo um Monza e um Omega CD e, sem dúvida, Chevrolet é tudo mas, de vez em quando, faz umas coisas difíceis de entender...

Data da publicação: 03/05/2001
Autor: Bruno Marcel Perlati (Jaú, SP)
E-mail: brunnomorrison@zipmail.com.br
Características do carro: Monza S/R 2.0 Turbo (1989) e Monza SL/E 1.8 (1987), álcool

Um clássico!!! O Monza tem, em suas linhas, algo de sutil e agressivo ao mesmo tempo. Como eu não estava satisfeito com o rendimento do meu Monza S/R, turbinei o motor. Aí sim: uni o confortável à potência, estando muito feliz! É uma satisfação poder falar dos meus carros. Já tive Gol Turbo, Escort, Uno Turbo mas, meu S/R está dando pau em muito carrinho por aí. Sou mecânico e conheço a excelente mecânica do Monza. Apesar de ser beberrão, é um carro que tem um câmbio muito bom. Além do "motorzinho" 2.0 à álcool, saio com ele só nos fins de semana para brincar na pista! É a minha "baratinha"!

Data da publicação: 03/05/2001
Autor: Israel (Brasília, DF)
E-mail: ijaisrael@bol.com.br
Características do carro: Monza SL/E, 1989, álcool

Alguns dias atrás entrei no Monza Clube e li várias opiniões a respeito do Monza _e só vi elogios (com algumas exceções). Para aqueles que dizem que o carro é "beberrão", não notaram que o Monza é equipado com motor 1.8 ou 2.0 e, se querem um carrinho econômico, é só comprarem os "pé-de-boi" como o Uno, Gol 1000, Palio, Ka, Fiesta etc... Para o tamanho e conforto do carro, considero a média de consumo boa. É só seguir corretamente as trocas de marchas (ver manual). O que chama a atenção no Monza não é o consumo ou velocidade final e, sim, o conforto. Dirigindo-o em 5ª marcha a 100 km/h, parece que o motor está desligado, pois trabalha num giro baixo e bem suave, proporcionando conforto e silêncio. A suspensão é muito boa. Quando se passa num quebra-molas, quase não o sente _o que não acontece com esses "carrinhos" que tem por aí, duros como, por exemplo, o Uno. Para quem não tem condições de comprar um Vectra, o Monza é uma ótima escolha (custo-benefício). Na minha opinião, o modelo mais bonito já fabricado foi o Monza Classic SE 1990, pois o friso largo, na cor cinza, e a lanterna traseira deram muita elegância ao mesmo. Parabéns pelo site!

Data da publicação: 19/04/2001
Autor: Marcelo Kerber Tolfo (Porto Alegre, RS)
E-mail: tolfo@terra.com.br
Características do carro: Monza Classic SE, 1991, gasolina

Sempre admirei os automóveis da linha Chevrolet, em especial o Monza e o Vectra. Ao adquirir meu Monza tive a confirmação de que qualidade, luxo e conforto devem andar juntos. E isto se faz sentir em um Monza: confiabilidade, baixa manutenção e tudo o que somente os carros importados oferecem; sem pagar alíquota e sem ostentação. Simplesmente ótimo! Simplesmente Monza!

Data da publicação: 19/04/2001
Autor: José Ademar Diniz (São Paulo, SP)
E-mail: rgadiniz@terra.com.br
Características do carro: Monza Classic SE 2.0 MPFI, 1992, gasolina

De todos os Monzas, certamente, o meu atual foi e sempre será o melhor. É mais bonito, mais tecnológico, mais rápido e mais econômico. Enfim, o melhor carro médio de todos os tempos, batendo inclusive o Vectra.

Data da publicação: 19/04/2001
Autor: Luciano José dos Santos (Brasília, DF)
E-mail: voulevandoavida@hotmail.com
Características do carro: Monza SL 1.8 EFI, 1992, gasolina

Adorei saber que criaram um site para o melhor carro da GM. Quando eu era assinante da revista "Quatro Rodas" mandei muitas cartas pedindo para que falassem desse maravilhoso carro. Sou apaixonado pelo meu Monza e cuido direitinho dele. Parabéns pelo site.

Data da publicação: 19/04/2001
Autor: Claudio Emilio Rodrigues Cordeiro (Salvador, BA)
E-mail: ccordeiro@brasilsaude.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1991, álcool

Um ótimo carro, que deixou muitas saudades. Porém, muito bem substituído pelo Vectra e o Astra. Em casa sempre tivemos um Monza, desde 1982 até 1991. É um carro muito confortável e delicioso para dirigir. Sou fã nº 1.

Data da publicação: 19/04/2001
Autor: André (São Paulo, SP)
E-mail: andradezz@bol.com.br
Características do carro: Monza Club 2.0 EFI, 1994, álcool

Foi e será um dos melhores carros produzidos pela GM.

Data da publicação: 19/04/2001
Autor: Wilson Carreiro (Araras, SP)
E-mail: wilsonc@linkway.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, gasolina

Sou um apaixonado pelo Monza. Adoro esse carro e o considero um dos mais bonitos já fabricados. Já tive cinco Monzas: em 1985, 1989, 1993, 1994 com câmbio automático e este atual. Não o troco por carro nenhum. É meu xodó. Agradeço ao webmaster do Monza Clube por esta página muito bem elaborada que "massageia" o ego dos monzeiros, como eu. Gostaria até de propor que se crie o "Dia do Monza", em que todos os proprietários de um Monza saiam às ruas para uma carreata. Seria bem legal!

Data da publicação: 19/04/2001
Autor: Eduardo Eggers (Porto Alegre, RS)
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1996, gasolina

Estou com um Monzão GLS, completo, desde 1999. Na época, ele tinha 55.000 km e, atualmente, com 80.000 km. É um carrão grande, com 4,49 metros. Me digam um carro brasileiro maior que o Monza. Só o Omega, Versailles e Santana! O porta-malas é incrível... Uma vez fui para praia com várias malas e um colchão dobrado ali dentro! Disseram que o Monza tem problemas na terceira marcha, mas não é verdade. O câmbio é muito bom! Somente o óleo tem que ser verificado de vez em quando. O que é ruim no Monza é a embreagem (muito dura). Em relação ao consumo, o meu faz 7,5 km/l na cidade e 11 km/l na estrada, com o ar desligado. O motor nunca teve problema. Eu tive problemas, isto sim, numa bateria que entrou em curto e me deixou à reboque! O ar-condicionado já apresentou um defeito, mas com R$ 350 foi reparado e agora produz um clima glacial! O carro é muito estável e me sinto seguro nas curvas.

Data da publicação: 19/04/2001
Autor: Onildo Henrique Batista Filho (Guarulhos, SP)
E-mail: onildo2@hotmail.com
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1990, gasolina

Ótimo automóvel. Acho apenas que o modelo que possuo consome muita gasolina mas, em compensação, oferece respostas rápidas e ótima estabilidade, apesar que depois dos 160 Km/h ele começa a balançar parecendo uma gangorra. Mas acho que é normal.

Data da publicação: 05/04/2001
Autor: Guilherme da Costa Souza (Florianópolis, SC)
E-mail: guigui@globo.com
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1995, gasolina

Já tive muitos outros carros, tais como Santana, Gol, Chevette e Fusca, mas nenhum deles se compara com o meu Monza: rebaixado (quatro dedos do chão), película nos vidros, rodas Binno, alarme total e o motor está  mexido. Ele é muito confortável e, além de ser "socado" (rebaixado), não pula muito. Realmente o indico para quem quiser ter um carrão para dar "giro alto". Anda pra caramba!

Data da publicação: 22/03/2001
Autor: Ary Eduardo Porto (São Paulo, SP)
E-mail: aryporto@adv.oabsp.org.br
Características do carro: Monza Class 2.0 EFI, 1993, álcool

Que o Monza é um ótimo carro não se discute. Entretanto, melhor que possuir um, é tê-lo em perfeitas condições de originalidade. O webmaster do Monza Clube indica como conseguir isso, apostando na capacidade e qualidade do atendimento de profissionais selecionados na seção "Oficinas". É importante relatar nossas experiências e, por isso, não deixem de conferir na seção "S.O.S. Auto" (assunto: Motor, injeção), publicação realizada em 02/11/2000, as agruras que convivi com "gambiarras", improvisações e toda aquela confusão que envolveu o não funcionamento da injeção de partida a frio em meu Monza, experiência essa com final feliz graças à intervenção pessoal do consultor técnico Luiz Yoshimura, o qual se dispôs a acompanhar-me no retorno à oficina, supervisionando a reprogramação do módulo de injeção eletrônica e a regulagem geral do motor. Depois disso, tudo voltou a funcionar perfeitamente. A sensação é de que reencontrei meu carro, o qual posso confiar. Quero divulgar, com atraso é verdade, meus agradecimentos a Luiz Yoshimura e a William M. Bertochi. E como prevenir nunca é demais, brevemente farei uma visita à recém inaugurada Yoshimura Auto Technik para obter valiosas dicas de manutenção.

Data da publicação: 22/03/2001
Autor: Clevis Enedino Teodoro (Guarulhos, SP)
E-mail: sivelk@ig.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1994, álcool

É incrível ler as opiniões dos apaixonados por este carro. Fiquei pensando: ele realmente cativa o seu proprietário _e tive provas disso. No final do ano passado viajei com o Monza até Recife. São 2.850 km só de ida, lógico sem contar o que rodei na cidade e as passagens pelas cidades de Maceió e Salvador. Resumindo: o carro foi e voltou sem dar um probleminha sequer e ainda rodei mais alguns quilômetros aqui em São Paulo. Fiquei orgulhoso após a revisão efetuada, devido ao perfeito estado (apresentou um simples problema de ignição dias atrás). Para todos os aficcionados deste carro, fica aqui meus sinceros parabéns!

Data da publicação: 22/03/2001
Autor: Thiago da Cruz (Rio de Janeiro, RJ)
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, álcool

Já tive vários carros antes, sendo que o Monza foi o melhor de todos. Só acho ele meio lento em arrancadas, perdendo feio pra carros pequenos equipados com motor 1.8,  e beberrão (7,5 km/l com ar ligado e 8,5 km/l desligado) _podia beber menos!

Data da publicação: 22/03/2001
Autor: Marco Senna (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: cyberwebs@ig.com.br
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1985, álcool

Até que enfim encontrei uma página repleta de informações e dicas de uma das paixões de minha vida: o Monza. Por muito tempo tinha o desejo de ter um e, há mais ou menos um mês, tive a oportunidade de comprá-lo. Só que, apesar de ser apaixonado por ele, pouco sabia tecnicamente sobre o carro. Procurei um Monza em vários  lugares, sendo que a maioria estava em péssimas condições. Foi aí que encontrei, em uma concessionária Chevrolet, um Monza 85 a álcool. A princípio achei o ano muito velho e, movido à álcool, uma furada. Mas, quando fui vê-lo, estava um "avião" e intacto. Apesar de seus 16 anos de uso, está com a lataria sem podres, nunca sofreu uma batida, os vidros e tudo mais originais de fábrica. Além de ser completo (direção hidráulica; vidros, retrovisores, porta-malas e antena elétricos, ar-condicionado de fábrica), a mecânica está perfeita, estando o motor com uma ótima batida e sem nenhum vazamento, assim como o sistema de arrefecimento e, internamente, um luxo (painel e estofamento novos). Consegui esta beleza de carro com a ajuda deste site _e só motivo de alegria. Espero que o Monza Clube continue sempre assim e que, cada vez mais, boas idéias sejam postas em práticas nele pois, como eu precisei destas informações, outros também precisarão.

Data da publicação: 22/03/2001
Autor: Damião Denes Moraes Paz (São Paulo, SP)
E-mail: denmoraes@ig.com.br
Características do carro: Monza Club 2.0 EFI, 1994, álcool

Em fevereiro de 2000 comprei um Monza Club 1994 exclusivamente para viajar de férias para o Ceará. Na época, ele estava com 62.000 km e em pefeito estado de conservação. No mesmo mês que o comprei, eu e Deus pegamos a estrada. Passei por Brasília para matar saudades daquela cidade maravilhosa onde morei e, em seguida, rumo ao destino. Em toda a viagem não tive nenhum problema com a máquina (o Monza). Os 116 cavalos de potência estavam sempre à disposição debaixo do meu pé direito e o seu bom conjunto mecânico superou grandes trechos de estradas precárias e mostrou-se ser um carro muito seguro. As férias foram ótimas e, sem dúvida, meu Monza "tubarão" contribuiu para isto. Até hoje sinto saudades desse belo carro pois, por motivo de força maior, em dezembro de 2000, tive que vendê-lo. Mas, logo que tiver oportunidade de comprar um carro para viajar, pode ter certeza: lembrarei do Monzão! Parabéns ao webmaster do Monza Clube por criar este site.

Data da publicação: 22/03/2001
Autor: Evandro G. Fabro (Catanduva, SP)
E-mail: Laboratorio@usinasaodomingos.com.br
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1984, álcool

Este é o meu primeiro Monza, adquirido neste ano, e não tenho saudades de minha BMV (Brasilia Muito Velha). Acho que não trocaria de carro, quero dizer de modelo. Gostei muito deste site _e vai ser difícil
encontrar outro igual! Parabéns a seus criadores.

Data da publicação: 22/03/2001
Autor: Jefferson P. Carpes (Florianópolis, SC)
E-mail: j0tace@hotmail.com
Características do carro: Monza Classic SE 2.0 EFI, 1993, gasolina

Primeiramente, gostaria de parabenizar o webmaster do Monza Clube pelo excelente conteúdo do site. Adquiri, recentemente, um Monza e, sinceramente, é um carrão mesmo. Sem reclamações! Assim que o comprei, o mesmo foi revisado e ficou ótimo!

Data da publicação: 08/03/2001
Autor: Daniel Flávio Silva (São Tomé, PR)
E-mail: danielflavio@yahoo.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, gasolina

Parabenizo o webmaster do Monza Clube pela iniciativa de criar um site dedicado ao Monza, o melhor carro que a Chevrolet já fabricou, que deve permanecer na nossa memória por muito tempo.

Data da publicação: 08/03/2001
Autor: José Maria Jr. (Fortaleza, CE)
E-mail: jose.menezes.jr@botafogo.net
Características do carro: Monza GL 2.0, 1995, gasolina

Gosto muito deste site, principalmente porque encontro pessoas, como eu, que não trocam um Monza por nada. Herdei meu Monza dos meus pais. Eles até queriam me dar um "Golzinho", um Fiesta ou um Ka. Brincadeira! Trocar um Monza por um carro 1.000cc? Nunca! Ele é super confortável, potente, completo em acessórios, boa estabilidade, bom bagageiro e econômico, ainda mais depois que instalei gás natural no mesmo. Mas ele também tem alguns pontos negativos: linhas ultrapassadas, ruim de frenagem, dificuldade no engate da terceira marcha e custo de manutenção razoavelmente alto.

Data da publicação: 08/03/2001
Autor: Emanuel (Brasília, DF)
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, gasolina

Comprei meu carro com 62.700 km em fevereiro de 2000. Atualmente, minha paixão azul, está com 81.000 km. Acho seu designer bonito. Não é um carro moderno, mas ainda tira muitos suspiros por onde passa. O consumo está em torno de 10 km/l na cidade e 11 a 12 km/l na estrada, andando a 100 km/h. Seu desempenho é mediano, seu motor excelente e a suspensão também é muito boa. Mantenho-o sempre bem revisado e regulado, inclusive utilizando óleo sintético. Comprei um spoiler lateral, calhas de chuva em acrílico, auto-falantes e CD Player Pioneer. Também dei uma rebaixada na suspensão dianteira. Após três dias lavando-o e utilizando uma cera importada, o carro está soberbo. Já me ofereceram várias propostas, mas a paixão pelo carro é maior. Parabéns aos engenheiros dessa maravilha e o idealizador desse site.

Data da publicação: 08/03/2001
Autor: Geraldo Rocha Júnior (Santa Vitória, MG)
E-mail: geraldoj@meganet.com.br
Características do carro: Monza SL 1.8 EFI, 1993, álcool

Este já é meu terceiro Monza e, realmente, este carro é demais. Somente quem já teve um Monza pode entender esta nossa paixão por este veículo tao adorado.

Data da publicação: 08/03/2001
Autor: Vicente de Oliveira (Brasília, DF)
E-mail: candango-df@bol.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1988, álcool

Já tive quatro máquinas chamadas Monza e, em breve, terei um ano 96.

Data da publicação: 22/02/2001
Autor: Diego A.F. (Manaus, AM)
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1985, álcool

Gostei muito do Monza Clube. Quando enviei algumas perguntas, pensei que não fossem serem respondidas, mas percebi que a atenção dada neste site não é que nem em outras homepages, onde as mensagens não são sequer respondidas. Gostaria de parabenizar o responsável do Monza Clube pela atenção dada aos visitantes e, também, pelo ótimo bom gosto.

Data da publicação: 22/02/2001
Autor: Alexandre Tomagnini Lima (Belo Horizonte, MG)
E-mail: alexande@brfree.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1991, gasolina

Sou fã dos Opalas desde criança (tenho um diplomata 1989) mas, meu pai, há três anos atrás, achou uma "jóia" em uma concessionária de Belo Horizonte: um Monza SL/E 1991, na cor vinho, carburado. O carro ainda está conosco e só não dorme na cama porque não passa pela porta. É excelente! Não reclama de peso, não é beberrão e enfrenta as subidas numa boa. Parabéns pelo site e, também, por conservar a memória dos automóveis nacionais, que são simbolos de longevidade e qualidade.

Data da publicação: 22/02/2001
Autor: André A. Luiz (Blumenau, SC)
Características do carro: Monza S/R 1.8, 1986, gasolina

É um carro fantástico!

Data da publicação: 22/02/2001
Autor: Fábio Célio Ramos (Florianópolis, SC)
Características do carro: Monza Classic SE 2.0, 1988, álcool

Anteriormanente possuia um Monza SL/E, 1985, álcool que, diga-se de passagem, um excelente carro. Infelizmente tive que vendê-lo e, por sorte, comprei meu Monza atual, e realmente não posso reclamar. Estou andando pelas ruas de Florianópolis com um lindo Monza Classic SE 2.0, preto onix, que é uma "boneca".  O carro está com 77.000 km originais e funcionando todos os opcionais. Queria apenas que ele fosse mais econômico: um pouco abaixo de meio tanque e o hodômetro já marca 78 km. Se alguém de Florianópolis puder me recomendar uma boa oficina mecânica, por favor me avise.

Data da publicação: 22/02/2001
Autor: Alberto Yamassaki (São Paulo, SP)
E-mail: almavagante@bol.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1989, gasolina

Troquei meu Monza por um Gol 1000 16 válvulas, ano 2001, e não me arrependo. Além de rápido e econômico é um carro mais atual.

Data da publicação: 18/01/2001
Autor: Maurício Carrazzoni (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: charger@osite.com.br
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1986, álcool

É realmente surpreendente este carro. Nunca tido um Monza antes. Comprei-o há um mês; não por opção mas, sim, por questões financeiras. Fui a um honesto comerciante de Petrópolis procurar um carro confortável e barato e, lá, estava ele: preto, quatro portas, rodas e insulfilme. Na verdade, não sei sua quilometragem, pois seu motor já foi retificado. É incrível como um carro de 15 anos de uso intenso possa ser tão bom. Tudo funciona perfeitamente. É muito equilibrado e com estabilidade. Freios, suspensão e direção excelentes. Sem contar que está aguentando bem o fortíssimo calor do Rio de Janeiro. Já tive Opala, Elba, Versalles, Verona, Chevette,  Voyage etc. Porém, o que mais me agradou é este "velho" Monza. Fico imaginando, então, um GLS 96. Parabéns pelo site.

Data da publicação: 18/01/2001
Autor: Israel (Brasília, DF)
E-mail: ijaisrael@bol.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1989, álcool

Achei muito interessante a seção sobre o "Ascona". Tenho certeza que muitos apaixonados por Monza nem imaginam que nosso Monzão já teve outras versões lá fora como, por exemplo, uma esportiva hatch, quatro portas, com o pára-choques na cor do veículo (amarelo), a qual está publicada na galeria de fotos do mesmo. Aliás, por que será que a GM não trouxe, na época, essa versão para o Brasil? Também fiquei impressionado que, na Alemanha, a Opel já equipava o Monza (Ascona) com motor 2.0 de 16 válvulas. Em relação ao meu Monza (quatro portas, na cor grafite, a álcool, completo e todo original), quanto arrependimento!!! Infelizmente foi vendido, pois estava duro. Hoje não consigo encontrar outro sequer à altura do meu. Outro detalhe era o nivel de acabamento interno, na cor cinza claro, muito difícil de se encontrar, pois, na maioria, é na cor preta. Atualmente possuo um Fiat Uno, uma carroça. É econômico, mas "um pé de boi". Assim que encontrar um Monza inteiro, me desfaço dessa porcaria.

Data da publicação: 18/01/2001
Autor: Sérgio Oliveira (Curitiba, PR)
E-mail: sluis@pr.gov.br
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1986, gasolina

Excelente! É carro pra ninguém botar defeito!

Data da publicação: 18/01/2001
Autor: Edmar T. Pereira (Campinas, SP)
E-mail: edmar_pereira@bol.com.br
Características do carro: Monza Classic SE 2.0 MPFI, 1992, gasolina

Gostaria de dizer que antes de ter este meu Monza tive um Opala Comodoro 4CC e posso afirmar que o Opala é muito melhor.

Data da publicação: 18/01/2001
Autor: Alcimar Pedro Giollo (Foz do Iguaçu, PR)
E-mail: alcimargiollo@ig.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1989, álcool

Já tive muitos modelos de carros nacionais, mas adorei o Monza. É macio, muito confortável e silencioso. Estou trocando-o por um mais novo.

Data da publicação: 18/01/2001
Autor: Alexandre Palma (Florianópolis, SC)
E-mail: chambas@zipmail.com.br
Características do carro: Monza Classic SE, 1992, álcool

Gostei muito desta página mas, falando de Monza, ganhei na loteria quando comprei o meu, pois era de um senhor e o carro estava com 113.000 km em dez/2000; além do estepe ser novo e, junto com o manual, estavam todas as notas de oficinas desde 1993. O carro está quase 0 km. Não "bate'' nada e é confortável com o motor 1.8 a álcool. Todos me diziam que este carro iria beber muito e não pegaria bem de manhã. Engano deles! Com a injeção EFI não há problema nenhum mas, o consumo, me deixou um pouco assustado, pois tive um Uno 1.0 que fazia 12km/l, sendo que o Monza faz 5,5 km/l. Mas, na estrada, a média está sendo de 7,3 a 10 km/l. O antigo Uno fazia 10km/l (carro 1.0 só anda com o pé no fundo). Também gostaria que alguém (proprietários de um Monza a álcool) me enviasse um e-mail para compararmos o consumo. Parabéns a todos que possuem um Monza!

Data da publicação: 18/01/2001
Autor: Emanuel K.P.R. (Brasília, DF)
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, gasolina

É o meu primeiro carro: azul, completo (-ar), som com CD Pioneer, módulo de 250W, auto-falantes modelo 6986 e película 50%. Adquiri-o com 62.700 km rodados. Meu pai tem um Tempra 2.0 16v, ano 96, completo, mas nem se compara em conforto. Já dirigi vários carros e nunca vi um tão bom quanto o Monza. Quase o troquei em um Gol 1.0, ano 99 mas, o Monza, é incomparável! Ainda bem que não fiz negócio! Meu carro faz 10 km/l na cidade e 11,5 km/l na estrada (a 150 km/h). Parabéns aos engenheiros que o construíram e, também, ao idealizador desse site.

Data da publicação: 18/01/2001
Autor: Fabiano Henrique Toffanelli (Guararema, SP)
E-mail: ftoffanelli@ig.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, álcool

Gostaria de parabenizar este site. Possuo meu Monza há três meses. Antes, era proprietário de um Monza 90, que estava um "diabo para andar". Seu motor, com 140 mil km rodados, "brincava" na estrada a 140 km/h. Troquei-o com dor no coração, mas não me arrependo, pois este GLS 95 anda ainda mais. Nunca vi um carro com tanta raça igual! Posso dizer, sim, que o Opala tem motor mais forte, só que o Monza tem mais raça...

Data da publicação: 05/01/2001
Autor: Leandro Zambuzi de Campos (Limeira, SP)
E-mail: crocoxinha@zipmail.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1989, gasolina

Queria parabenizar pelo site e, também, mandar um abraço para todos os amantes do Monzão. Uma sugestão minha seria um tipo de cadastro de proprietários, com a finalidade de organizar encontros por todo o Brasil. Afinal, qual é a cidade que não possui uma máquina dessas? Quanto a uma mensagem deixada por um tal de Igor, da Onix Jeans, falando mal do Monzão, escuta uma coisa Igor: "se os Monzas de sua empresa só dão problema, isso é devido a falta de cuidados que seus funcionários devem prestar ao veículo. Ou você acha que eles cuidam dos carros? Portanto, se você quiser que o carro não lhe dê "dor de cabeça", cuide, primeiramente, do modo com que seus funcionários utilizam o Monza e dê uma manutenção digna a ele, pois quem não o merece é você".

Data da publicação: 05/01/2001
Autor: Paulo Cadavid (Espanha)
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1985, álcool

Foi meu carro de 1989 até 1991, quando o troquei por um Escort Guia 1.8. Sem dúvida, foi o carro da minha vida! Andava como um "diabo". Quando troquei os amortecedores originais pelo modelo Turbogás (Cofap), e os pneus Pirelli P77, já não tinha quem me pegasse. Meus melhores amigos também tiveram Monzas e tenho certeza que compartilham minha opinião sobre esse carro. Quando tinha o meu Monza, sonhava com um SR 2.0 e, que sorte a minha quando, em 1995, meu chefe comprou um SR 1.8 (1986) para uso na empresa. Foi um sonho feito realidade. Uma vez, viajando de São Paulo a Ubatuba, "grudei" na traseira de uma Parati GLS novinha e, quando chegamos num trecho cheio de curvas, nao deu outra: passei e deixei a Parati para trás. Aqui na Espanha é difícil ver um Monza (chamado Ascona no país), visto que sua produção encerrou em 1988, quando apareceu o Vectra. Mas, sempre que vejo um, o coração bate mais forte. Atualmente tenho um Renault Megane 1.9 Dti (turbo diesel de injeção direta, 100CV) e, apesar de ser a diesel, anda mais e melhor que meu ex-Monza. Maravilhas da tecnologia pois, no final das contas, já são 15 anos mas, ainda assim, já não tem aquela presença, nem se parece em sensações ao meu bom e velho Monza.

Data da publicação: 05/01/2001
Autor: Luis Eustaquio Coelho (São Bernardo do Campo, SP)
E-mail: luiseustaquio@uol.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1990, gasolina

Tenho esse Monza desde 1990, está com 170.000 km rodados e nunca me deu grandes problemas. Procuro manter a manutençao em dia e guardo todas as notas fiscais dos reparos realizados. O carro é macio, seguro e econômico. Só vou trocá-lo por outro Monza com ar-condicionado e direção hidráulica. O Monza é, sem dúvida, um dos melhores carros já produzidos no Brasil.

Data da publicação: 05/01/2001
Autor: Daniel Vivas Guimarães Diniz (Belo Horizonte, MG)
E-mail: daeu@bol.com.br
Características do carro: Monza GL 2.0, 1994, gasolina

Meu pai já teve quatro Monzas. Um deles foi um Monza Hatch 83/83 1.6, álcool. O Monza foi o melhor carro que tivemos em meio a tantos. Infelizmente, atualmente temos um Uno Mille e um Escort, que não chegam nem aos pés do Monzas que tivemos. O Monza tem conforto, motor forte e um estilo único e moderno. A GM perdeu muito mercado com a saída de linha dele.

Data da publicação: 05/01/2001
Autor: Anderson Ferreira Siqueira (Águas de São Pedro, SP)
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1987, álcool

É o melhor carro que tive em minha vida.

Data da publicação: 05/01/2001
Autor: Alcides Pompilio (São Paulo, SP)
Características do carro: Monza Classic SE MPFI, 1991, gasolina

Eu tinha um Monza SL, na cor vinho, ano 1988. Estive com esse carro por oito anos. Atualmente, o vendi e comprei o Monza Classic SE, também na cor vinho. O carro está bem bonito mesmo.

Data da publicação: 05/01/2001
Autor: Jamerson Oliveira (Natal, RN)
E-mail: jamersoncdf@aol.com
Características do carro: Monza GL, 1996, gasolina

Sou proprietário de um Monza, mas estou pouco satisfeito com seu desempenho.

Data da publicação: 15/12/2000
Autor: Fábio Campos Mendes (Salvador, BA)
E-mail: josemendes@zaz.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, gasolina

Meu pai já teve três Monzas mas, o último, era o máximo! Nunca tive um carro tão confortável quanto aquele! Pena que o mesmo teve que ser vendido em 1996, trocando-o por uma Blazer standard 2.2, que não chegava aos pés do meu velho e bom Monza. Passei quatro anos com a Blazer e, em janeiro de 2000, meu pai comprou um Vectra Milenium (série especial), que não é tão confortável quanto o Monza. Aposto que se a GM não tivesse tirado ele de linha, até hoje meu pai estaria com um Monza na garagem!

Data da publicação: 15/12/2000
Autor: Davi de Paes Froes (São Miguel Arcanjo, SP)
E-mail: charla@terra.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, álcool

É o melhor carro que já tive. Nenhum outro atendeu tão bem minhas necessidades quanto meu Monza. Pena que saiu de linha, pois é um carro maravilhoso.

Data da publicação: 15/12/2000
Autor: Afonso Júnior Lira da Silva (Manaus, AM)
E-mail: jrf14tomcat@zipmail.com.br
Características do carro: Monza Classic SE, 1990, gasolina

Tenho um Monza Classic completo, vinho, a gasolina e todo original. Encontrei este carro no fundo de uma garagem, pois era de uma viúva. Penei bastante para comprá-lo e consegui, estando bastante satisfeito com o veiculo. Muito macio, estável em curvas e o que é melhor: quando passo na rua as pessoas ainda suspiram por ele, mesmo fora de linha. Parabéns GM por este carro!

Data da publicação: 15/12/2000
Autor: Anderson Luis Cheremetta (Ponta Grossa, PR)
E-mail: cheremetta@ig.com.br
Características do carro: Monza Classic 2.0, 1987, álcool

Espetacular carro! Realmente, para bater um Monza somente outro Monza. O Monza Classic é um carro com muito luxo: ar-condicionado; tudo é elétrico; quatro portas e motor 2.0. Tudo isso aliado a vários outros fatores, tais como: velociadde, agilidade, segurança e desempenho. Este já é o meu segundo Monza e, o terceiro, comprarei um GLS 1995 quatro portas. Mas, mesmo assim, irei continuar com o Classic.

Data da publicação: 01/12/2000
Autor: Marcelo Alves (São Paulo, SP)
E-mail: malalves@hotmail.com
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1985, álcool

Estou com este Monza faz uns dois meses. Excelente automóvel! É usado todo dia para ir ao trabalho e não faz feio no trânsito. O consumo também não é muito alto, levando em conta que o combustível é alcool e o carro é automático: 5,5 km/l na cidade, no trânsito pesado de São Paulo. O carro está muito bonito, tem todos os opcionais da época e tudo funciona. Melhor ainda: custou pouco e vale muito! Parabéns pelo site.

Data da publicação: 01/12/2000
Autor: Sânzio de Castro Lopes (Montes Claros, MG)
E-mail: sanziolopes@bol.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1993, gasolina

Realmente, é de enlouquecer pilotar esta super-máquina a 200 km/h. Tive um prata, completo, a gasolina, chip esportivo de injeção eletrônica, rebaixado na dianteira e na traseira em três voltas, embreagem de cerâmica e cabos de vela de silicone. Foi fácil fazer um pega com um Opala 250S, 6 cilindros, e chegar aos 200 km/h. Foi o maior pecado a GM parar de fabricá-lo. Ainda vou ter outro!

Data da publicação: 16/11/2000
Autor: Anatole Carvalho (Campinas, SP)
E-mail: anatole@bol.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1990, gasolina

Já tive um carro que muitas pessoas "babam" por ter: Vectra CD 2.2 16V, com bancos de couro e teto solar _mas precisei vendê-lo para realizar outro negócio. Então, achei um Monza 1990, o mais novo do Brasil, sem nenhum retoque e com 55.000 km originais, e estou muito impressionado com o conforto e a maciez do mesmo. Não estou exagerando, mas o Monza é mais macio e confortável que o Vectra _e olha que de Vectra entendo, pois já tive quatro. Quanto ao desempenho, infelizmente, sinto muita falta da injeção eletrônica.

Data da publicação: 16/11/2000
Autor: Anderson F. Bragagnolo (Santa Maria, RS)
E-mail: a9523126@alunog.ufsm.br
Características do carro: Monza Classic 2.0, 1989, gasolina

William, parabéns pela sua HP. Você realmente conseguiu juntar o que vários fanáticos por este carro queriam. Sempre recomendo o Monza para meus amigos e quem tem um não mudará para outro tipo de carro tão fácil. A maioria tem a mesma opinião: é um carro forte, confortável, potente e muito mais. Dizem que é gastador, mas tem carros com menor potência que gastam a mesma coisa ou outros que possuem a mesma e gastam até mais que o Monza. Tem gente que reclama do valor da manutenção, mas eu deixo um recado para eles: dêem uma olhada quanto tempo ela dura. Este carro é muito confiável. Vou contar uma historinha que aconteceu comigo e com meu carro: certa vez, estava viajando pela serra gaúcha e, no aclive de uma estrada (pista dupla), fui ultrapassar um caminhão em uma curva, só que, ao invés do caminhão permanecer na pista dele como é o correto, deu uma "guinada" para meu lado. Automaticamente dei uma "guinada" para me defender e outra para voltar à minha pista. Meu carro estava com quatro ocupantes e o porta-mala lotado, sendo que o mesmo ficou "grudado" no chão. Se fosse outro carro que eu estivesse dirigindo, certamente teria rodado.

Data da publicação: 16/11/2000
Autor: Fernando Tavares (Joinville, SC)
E-mail: tavaresfernando@bol.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1994, gasolina

Tive um Chevette DL 1.6/S, ano 1991, a álcool, que fazia 7,5 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada. Hoje, tenho um Monza GLS 2.0, ano 1994, 4 portas, na cor Verde Vivaldi, que faz 8,5 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada (andando a 130 km/h). Temos, aqui em casa, uma Parati 1.6 MI, ano 2000, que faz, no máximo, 8 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada. O carro é péssimo: espelhos pequenos, não tem arrancada, falta de estabilidade, duro e o ar condicionado fraco. Também tivemos um Omega Suprema. A Chevrolet dá de 10!

Data da publicação: 16/11/2000
Autor: Alexandre Carpinelli (São Paulo, SP)
E-mail: alexandre.carpinelli@usa.net
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1993, gasolina

Comprei este meu Monza há dois anos, sendo que o mesmo nunca teve problemas graves. Este Monza roda na cidade de São Paulo, no meio do trânsito caótico das Marginais, aguentando o tranco de maneira espetacular. O que eu realmente gosto do Monza é quando paro no semáforo do lado de um carrinho 1.000 cilindrada _as vezes, até aqueles 1.0 16v_ e o cara pensa que por ser um Monza pesado vai sair na frente.  Dou uma aceleradinha em primeira, sem forçar muito, e, ao engatar a segunda, o Monzão já pula bem na frente, deixando seu dono com cara de espanto.

Data da publicação: 02/11/2000
Autor: Carlos Augusto Sandrini (São Paulo, SP)
E-mail: carlos_sandrini@uol.com.br
Características do carro: Monza Classic 2.0, 1990, gasolina

O que falar de um campeão de vendas? Excelente! Fantástico! Carrão! Lindo! São diversos os adjetivos. Só quem tem ou já teve um sabe do que estou falando. Este é o meu terceiro exemplar. Não troco por carro ou marca nenhuma. God save the MONZA!!!

Data da publicação: 02/11/2000
Autor: Diogo Borges (Joinville, SC)
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, gasolina

Na minha opinião, o Monza é um dos melhores carros já produzidos no Brasil. Meu pai já teve dois: um SL/E 2.0 EFI, equipado com trio elétrico e direção hidráulica, zero quilômetro e a álcool. Com cinco ocupantes, um cachorro e mais o porta-malas lotado, este carro conseguiu chegar a 190 km/h. Já o Monza atual é um GLS completo, na cor vermelho goya, que temos há 1 ano. Nenhum dos dois carros nos incomodou e, quanto ao consumo, nada a reclamar. Numa viagem, o carro fez 11,9 km/l. Subimos serra, andamos na cidade e voltamos para casa. Creio eu que se viajassemos somente por estradas, o Monza conseguiria fazer, em média, 13,5 km/l. Atualmente, com este Monza, meu pai já atingiu 180 km/h, mas ficou preocupado com a fiscalização e com radares. Só mais uma coisa: o Monza foi um dos carros que marcou época no país. Além de ser potente, é muito confortável _apesar do espaço para as pernas no banco traseiro, que poderia ser maior. É econômico e lindo. Como muitos disseram, "se quiser um carro mais econômico, compre esses milzinhos que tem por aí, que apanham em todos os critérios para esse supercarro". Parabéns pelo site.

Data da publicação: 02/11/2000
Autor: Luiz Edgar da Silva Defendi (Ribeirão Preto, SP)
E-mail: luizedgar@ig.com.br
Características do carro: Monza Club, 1994, álcool

Até há um ano atrás eu só havia tido Gol. De um ano para cá estou com um Monza, o qual, até hoje, fico espantado com a durabilidade, velocidade, agilidade etc. Pretendo ficar com ele até o ano que vem, sendo que o mesmo é utilizado no trabalho do dia-a-dia, viagens longas e curtas e, também, na cidade. Realmente, este automóvel merece todas as congratulações que tem.

Data da publicação: 02/11/2000
Autor: Francisco Prado (Belo Horizonte, MG)
E-mail: vwfusca@uol.com.br
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1988, álcool

Parabéns pela página. Com relação ao Monza, é um carro que dispensa comentários. É Chevrolet, é tudo!

Data da publicação: 17/10/2000
Autor: Antonio Carlos (Piracicaba, SP)
E-mail: acbenedi@iep-taq.unimep.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1986, álcool

Gostei deste site pois ele traz muitas coisas boas que falam que o Monza é o campeão de tudo e um coro que nunca pode parar com outro qualquer: "Monza é Monza. O resto é papo furado..."

Data da publicação: 28/09/2000
Autor: Christian Werner Hauck (São Bento do Sul, SC)
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, gasolina

Muitas pessoas não sabem, mas o motor do Kadett é quase idêntico ao dos Monza 1991 a 1996. Na Europa, a Opel alemã lançou uma versão especial do Kadett, que é equipado com motor 2.0i 16 válvulas. Este modelo saiu de linha em 1991. O cabeçote 16 válvulas do Kadett serve perfeitamente nos Monza 1991 a 1996. A potência e o desempenho obviamente são bem maiores ao dos  modelos 2.0 com cabeçote de 8 válvulas. É uma pena que a Chevrolet não produziu o Kadett ou o Monza com o cabeçote de 16 válvulas aqui no Brasil. O jeito mesmo é importar o cabeçote e outras pequenas peças mecânicas, que são ausentes nos motores dos Monza. O maior problema é saber se a Opel fornece e ainda produz essas peças e se é possível mesmo importá-las para as adaptações necessárias.

Data da publicação: 28/09/2000
Autor: Rodrigo Motta Cardoso (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: rodicardo@zipmail.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, gasolina

Sou fanático por Monza. Dos cinco carros que meu pai já teve, três foram Monza (atualmente ainda possui um). É um caro muito confortável e acho até melhor que o Vectra atual. A GM pecou em parar de produzi-lo!

Data da publicação: 14/09/2000
Autor: Luiz Alberto de Lima (Rio Negro, PR)
E-mail: bombeiro@rno.matrix.com.br
Características do carro: Monza Classic SE, 1990, gasolina

Este é meu segundo Monza e muito bom em todos os detalhes. Como gosto muito de mecânica, gostaria de trocar algumas idéias sobre preparação de motores do Monza, bem como alterações estéticas no veículo, tais como: saias laterais, aerofólios etc. O meu primeiro Monza tinha motor preparado para arrancadas na terra e "bateu" muito motor AP da Volkswagen. Dúvida? Pergunte-me, se quiser!

Data da publicação: 14/09/2000
Autor: Victor Hugo Mascarenhas (Rio de Janeiro, RJ)
E-mail: vhsms@terra.com.br
Características do carro: Monza Hatch 1.6, 1983, gasolina

Tenho 15 anos e  venho contar sobre o ex-Monza Hatch 1.6, ano 1983/84, do meu pai, que andava pra "chuchu". Nós iamos para Miguel Pereira todas as férias, andando a 120 km/h. Meu pai é um bom motorista, mas, na madrugada de 06/08/1992, ele estava em Irajá (subúrbio do Rio): parou em um sinal e "piscou" para ver se não vinha ninguém. Foi quando apareceu uma Kombi e bateu em nosso carro. Ela o arrastou a uns dez metros e, com isso, o  imprensou contra o poste. Meu pai perdeu quase metade da orelha e o nosso carro quase teve perda total, e nunca mais foi o mesmo. Tivemos que trocá-lo por um Verona LX, que era um carro muito ruím: não tinha ar e nenhum conforto. Depois, veio a nossa Besta. Certa vez, liguei-a engrenada e quase cai de uma altura de 1,50 metro. Por sorte o carro tinha motor dianteiro. Vendemos o carro por falta de dinheiro e ficamos três anos andando de ônibus. No mês passado adquirimos um Tipo. Bom carro, mas sua mecânica é caríssima. Mesmo assim não me esqueço do Monza nas viagens para Miguel Pereira. Acho que daqui a três anos compro o meu Monza Classic 1989, que tanto desejo.

Data da publicação: 14/09/2000
Autor: Gabriel Bexiga Moreira de Carvalho (Alfenas, MG)

Adorei esse site e sugiro que você faça um site como esse sobre a linha Kadett/Ipanema.

Data da publicação: 31/08/2000
Autor: Renato Trajano de Mattos (Franca, SP)
E-mail: renatotrajano@uol.com.br
Características do carro: Monza GLS 2.0 EFI, 1995, gasolina

Gostei muito da HP! Você está de parabéns! Comprei meu primeiro Monza com 17 anos, um Classic SE 90 e fiquei muito satisfeito. Agora estou com um GLS 95, um carrão.

Data da publicação: 31/08/2000
Autor: Anderson Luis Ribeiro C.J. (Salvador, BA)
E-mail: necoribeiro@zipmail.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1990, gasolina

O único carro singular do país _assim já diziam as propagandas da época. Tenho um Monza SL/E 2.0, ano/modelo 89/90, de causar inveja a qualquer um aqui em Salvador. Ele tem rodas 15, está rebaixado e possui som de competição. Parabéns pelo site.

Data da publicação: 31/08/2000
Autor: José Viamonte (Montevideo, Uruguai)
Características do carro: Monza SR, 1988, gasolina

Es un auto exelente. Hace 7 años que lo tenemos (Monza SR 88) y tiene 94.000 km. La velocidad maxima por cada cambio es muy buena: 1ª)  65 km/h, 2ª) 100 km/h, 3ª) 135 km/h (7000 rpm), 4ª) 165 km/h (6200) y velocidad maxima en 5ª) 190 km/h (5600 rpm). Consumo de combustible en ciudad 7,5 km/l y carretera a 100 km/h, 13 km/l. El peso del vehiculo es de 1010 kg. Todo de fabrica nada alterado, eso si este modelo es armado aqui en Uruguay. Por fuera es igual al Classic pero 2 puertas. Es un auto increible del cual nunca me voy a separar. Un abrazo amigos monzistas.

Data da publicação: 31/08/2000
Autor: Daniel (Brasília, DF)
E-mail: jjdaniel@bol.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0, 1988, álcool

Comprei um Monza SL/E 2.0, ano/modelo 87/88, verde amazonas. Achava que o carro não andava bem e era muito devagar, mas depois que troquei o kit de embreagem ficou um avião.

Data da publicação: 31/08/2000
Autor: Marcus Vinicius (Campos, RJ)
E-mail: lawyer@rol.com.br
Características do carro: Monza GL EFI, 1995, gasolina

É um carro incrível, mas é uma pena que tenha saído de linha. Está cada vez mais difícil encontrá-lo em excelente estado e, quem o tem, procura vendê-lo a preço de ouro. Encontrei um, aqui em minha cidade, modelo GLS ano 96, verde metálico, com inacreditáveis 27.000 km rodados, ao preço de R$ 13.500,00. Depois de tentar influenciar um amigo que efetuaria a compra, o mesmo desistiu, pois argumentou que um Vectra GLS ano 94 custa isso. Acabou comprando o Vectra, sem dúvida um bom carro. Se quiserem trocar idéias, enviem-me um e-mail.

Data da publicação: 31/08/2000
Autor: Fábio Célio Ramos (Florianópolis, SC)
E-mail: magoo@acafe.rct-sc.br
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1985, álcool

Realmente não se iludam com a idéia de que só porque o carro é a álcool não presta. Tenho um Monza SL/E 1.8, ano 1985, a álcool, há nove meses e digo de boca cheia: nunca tive um carro tão bom, confortável, seguro e firme como este Monza. E ele é rebaixado!

Data da publicação: 31/08/2000
Autor: Christian Werner Hauck (São Bento do Sul, SC)
E-mail: cwhsbs@yahoo.com.br
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, gasolina

Na revista "Quatro Rodas" de 1997 (não sei o mês) há uma matéria interessantíssima sobre um advogado que desbravou as Américas de norte a sul com seu Monza SL/E 1992. Vale a pena dar uma olhada.

Data da publicação: 17/08/2000
Autor: Müller Luiz Fabricio (Fartura, SP)
E-mail: mlfabrizio@ig.com.br
Características do carro: Monza Club 2.0 EFI, 1994, álcool

Tenho 22 anos e sou proprietário de um Monza Club 2.0 EFI, álcool, estando em ótimo estado de conservação. Este é meu primeiro carro, mas confesso que, para mim, o Monza é um ótimo carro _se não for o melhor carro já fabricado aqui no Brasil. Neste primeiro ano que estou com ele, tive que trocar alguns itens. Parabéns pelo site! Nós monzeiros merecemos este troféu.

Data da publicação: 17/08/2000
Autor: Ricardo (São Paulo, SP)
Características do carro: Monza SL/E 1.8, 1987, gasolina

Ótimo site! Parabéns! Estou no meu segundo Monza _o primeiro foi um SL/E 84, que só me deu alegrias. Passei por outros carros, inclusive um Kadett, o qual herdou muita coisa do nosso Monza, menos estilo, conforto, espaço interno e o porta-malas. Comprei recentemente um SL/E 87, prata, completo e em bom estado, o qual pretendo dar um trato no visual e ficar um bom tempo com ele. Afinal, hoje em dia, com todos esses "milzinhos" rodando por aí, poucos carros oferecem o que o nosso bom e velho Monza oferece.

Data da publicação: 17/08/2000
Autor: Christian W. Hauck (São Bento do Sul, SC)
Características do carro: Monza SL/E 2.0 EFI, 1992, gasolina

Adoro o Monza. Ele é um super-carro mas, sobre seu design, a partir de 1991 há controvérsias, principalmente a traseira. No projeto erraram em ter colocado a placa no parachoque traseiro, pois deveria ser na tampa traseira do porta-malas. Isso é o que todo mundo comenta, ou seja, a polêmica da traseira dos Monzas 1991 a 1996. Isso também aconteceu com projetos mais novos, como o Fiat Siena. Está aí a minha opinião sobre o campeão de vendas da Chevrolet. Sugestão: quando meu pai levou o carro à oficina para uma manutenção no motor, por causa de um pequeno problema interno, o mecânico, especializadíssimo em motores de Monza, falou que todos fabricados entre 1991 e 1996 apresentam um problema de engenharia. Este tipo de motor jamais deve ser acelerado ao máximo (em rotação acima dos 5500 a 7000 rpm). O problema é o seguinte: nessas condições de rotação extrema, as bronzinas do virabrequim do motor flutuam e a lubrificação dessas peças são danificadas e prejudicadas seriamente. Está dado o meu recado para você que gosta de exigir muito do motor de seu Monza. Cuidado!

Data da publicação: 17/08/2000
Autor: Edson C. Alves (Florianópolis, SC)
Características do carro: Monza GL, 1994, gasolina

É o melhor carro que já tive. Conforto, seguranca e desempenho são só alguns adjetivos que o Monza possui. Só tenho uma crítica: o painel de instrumentos é muito desatualizado, sendo que desde o modelo 94 é igual ao do 82. Uma pena, porque o carro só mudou por fora; por dentro continua basicamente o mesmo. Grande abraço a todos vocês, aficcionados por este maravilhoso carro como eu.

Data da publicação: 17/08/2000
Autor: Carlos Antonio O. Silva (Indaiatuba, SP)

Parabéns por colocar na Internet um site exclusivo para o Monza, pois sou um apaixonado pelo mesmo. Isso é que é carro de verdade. William, parabéns mesmo!

Data da publicação: 03/08/2000
Autor: Rafael Bruner (São Paulo, SP)
Características do carro: Monza Classic SE MPFI, 1992, gasolina

Simplesmente adorei o Monza Classic SE MPFI 92 quando meu pai o comprou e, infelizmente, o mesmo já foi vendido devido a problemas na injeção eletrônica. Foi duro entregá-lo na loja. Era como meu primeiro amor e nunca irei esquecê-lo! Ele era demais: painel digital, computador de bordo e outras coisas a mais; só faltava bancos de couro e freios ABS. Meu pai já possuiu outros três Monzas antes desse Classic (ambos modelos SL/E) e sempre fui um fã de carteirinha deste carro, aprendendo a dirigir no mesmo. Atualmente, meu pai é proprietário de um Vectra GLS 95, mas, ainda, sinto falta daquele Monza, principalmente pelo conforto, painel digital e computador de bordo. Tenho 17 anos e, quando fizer meus 18, espero comprar um Monza, de preferência um Classic ou o 500 EF. Até hoje, quando vejo um Monza, torço meu pescoço para admirá-lo. Meus amigos me criticam, falam que é um carro de velho, mas não sabem o que é realmente um carro, pois nunca dirigiram um para saber o quanto é bom. Só trocaria um Monza por um Omega CD, sendo outro grande carro da Chevrolet. Gostaria de agradecer por esse ótimo site, onde eu e meu pai revivemos grandes emoções desse belíssimo carro que nos deixa, até hoje, grandes saudades.

Data da publicação: 03/08/2000
Autor: Adriano Trindade Júnior (Brasília, DF)
Características do carro: Monza SR 2.0, 1988, álcool

Parabéns pela novo visual do site. Ficou de primeira e facilitou ainda mais para nós admiradores do Monza. Fiz uma viagem ao Rio no Carnaval e senti que estava andando de avião, quer dizer, jatinho, pois o Monza oferece tudo de conforto, só faltando um ar-condicionado. Abraços a todos.

Próximas opiniões

 

Monza Clube

Patrocinadores Classificados Agenda de Eventos Novidades Imprensa Notícias GM Facebook

Monza Clube do Brasil - Todos os direitos reservados